Categoria: Crônicas

13
jul

Seleção brasileira é diferente de Brasil

13 de julho de 2014 - há 9 anos atrás
Por: Alexandre Na categoria: ,

copa-logo

Seleção brasileira é diferente de Brasil

 

 

Bom, lá se foi temporariamente o sonho do hexa. Quem sabe em 2018 na Rússia? Ou em 2022 no Catar? (risos). Bom, é melhor deixar um pouco de lado isso e tentar ver o que foi bom nessa copa. Uma coisa é certa: Ela aconteceu! (risos). Muito se falava que não ia rolar e tal, mas taí, a Copa do Mundo no Brasil, seja aos trancos e barrancos ou não. E muita coisa boa podemos tirar disso. Tivemos exemplos lindos que podem e devem ser seguidos, como a torcida organizada do Japão. Essa sim pode mesmo ser chamada de organizada. E muito consciente de sua cidadania. Vivemos novamente toda aquela euforia de uma copa do mundo e muitos pela primeira vez, viram um evento desse porte no seu país. Talvez muitos que viram em 1950 não estão mais entre nós.

Foi muito bom ter vivido essa inesquecível experiência, seja pra quem conseguiu ver os jogos dentro ou fora dos estádios, sozinho ou com amigos e familiares. Copa do mundo em si é um evento simplesmente maravilhoso. Pelo menos pra mim, é o único evento em que vejo tantas pessoas de tantas Nações se abraçando e confraternizando. Muitas vezes pessoas que não se conhecem e nem sequer falam o mesmo idioma. E quem disse que tem que falar a mesma língua para ser entendido?! A paixão pelo esporte, leia-se futebol, é uma coisa absolutamente inexplicável. A emoção toma conta de todos praticamente. É quase impossível não se contagiar. Por mais que milhares e milhares de brasileiros não tenham aderido à copa como de outras vezes, onde meses antes, todos já enfeitam casas, carros, cachorros, periquitos e papagaios, quase de última hora, a gente viu que a galera acabou que se rendeu à paixão pela seleção brasileira e o persistente sonho do hexa. E haja bandeirinha e bandeirões pra pendurar nos carros e nas casas. Acredito que tudo vale à pena quando se faz com a paixão que fazemos em se falando de seleção brasileira. Acredito que quem não separou seleção brasileira de Brasil, não conseguiu torcer de verdade. Não dá pra misturar Brasil com seleção brasileira. Nenhum brasileiro canta hino nas eleições, nenhum brasileiro pendura nenhuma bandeira nas casas ou nos carros nas eleições, nenhum brasileiro estufa o peito pra dizer que é brasileiro com muito orgulho nas eleições. Então, não adianta misturar Brasil com seleção brasileira. Isso sempre foi assim e sempre será. Quando acontecer o contrário, aí sim a gente pode cobrar reações diferentes nas pessoas. Então, galera, o que resta mesmo é colocar na cabeça que é somente um esporte e que, ganhando ou perdendo, a vida de todos os simples mortais torcedores não iria mudar em nada. Não adianta sair por aí quebrando ou saqueando lojas, “fazendo e acontecendo” nos protestos modinhas, isso é coisa de quem faz independentemente dessa situação de copa do mundo no Brasil.

Vamos comemorar sim o fato de a copa do mundo ter acontecido em nosso país. Um evento em que todo o planeta corre atrás para sediar, onde reúne pessoas de quase todos os países, onde vemos torcedores anônimos criando personagens fantásticos e protagonizando muitas vezes o melhor da festa. Não deu para o Brasil? Sim. Infelizmente não deu, mas explicar o quê? É bola pra frente. Deixa esse papel para imprensa, que vai correr atrás de centenas de motivos para explicar o fiasco que foi a campanha de seleção. O que valeu mesmo foi cada momento, cada jogo, cada gol, cada vez que reunimos nossos amigos pra ver os jogos, ou seja, o que valeu mesmo foi a festa, o espetáculo em si. Parabéns à seleção campeã, parabéns a todos que contribuíram para essa festa espetacular ter acontecido em nosso lindo país. Parabéns, Brasil!

OLIVEIRA, Carlos Alexandre Melo de. Seleção brasileira é diferente de Brasil. Alagoas, 2014.

24
jun

O que Romário falou sobre as obras para a Copa de 2014…

24 de junho de 2011 - há 12 anos atrás
Por: Alexandre Na categoria: ,

O deputado federal Romário (PSD-RJ), exemplo vivo do que o País tem de melhor em seu esporte número um, começa a conhecer um outro lado do “País do Futebol”. Quando atleta, seus únicos problemas eram, talvez, um hotel de quinta categoria aqui ou um vestiário sem chuveiros de água quente ali. Agora, político, ele certamente deve estar morrendo de saudades desses probleminhas.

Em entrevista publicada nesta segunda-feira, 20, na Folha de São Paulo, Romário se mostrou bastante pessimista quanto ao andamento das obras para a Copa do Mundo de 2014. Mais. Para ele, somente Jesus Cristo pode salvar a Copa…

Está certo de que dizem por aí que ele é brasileiro, mas até mesmo para o Todo-Poderoso, patriotismo tem limites. Até porque, multiplicar pães é possível, porém, multiplicar honestidade, não há milagre que o faça…

Por: Tiago Silva

13
jun
08
jun
07
jun

A governabilidade e a indigestão

7 de junho de 2011 - há 12 anos atrás
Por: Alexandre Na categoria: ,

Mal estar é realmente algo muito chato.

Parece que nada está bom, vira para cá, ruim, vira para lá, pior. Tem vezes que a única alternativa mesmo é por tudo para fora e eliminar esse “piriri” pela raiz.

Há mais ou menos 20 dias, a presidente da República, Dilma Rousseff, vem sofrendo de uma indigestão terrível,

24
mai

Morrendo…

24 de maio de 2011 - há 12 anos atrás
Por: Alexandre Na categoria: ,

Sim caro leitor, neste exato momento pessoas estão morrendo nas filas, corredores e macas espalhadas em hospitais públicos país afora. Pessoas como você, pagadores de impostos, trabalhadores, pais e mães de famílias que, por força do destino se adoentaram, e, por descaso e incompetência do Poder Público, estão MORRENDO à espera de um tratamento, no mínimo, humano…

15
mai

O dragão da vida real

15 de maio de 2011 - há 12 anos atrás
Por: Alexandre Na categoria: ,

Todo conto de fadas que se preze tem um dragão gigantesco e malvado, soltando fogo pelas ventas e com um bafo fedorento de enxofre. O príncipe, para provar seu amor e devoção à princesa, tem de derrotar, com suas próprias mãos, esse monstro terrível. Então eles se beijam e vivem felizes para todo o sempre.