28
jul

Lei das Palmadas !

28 de julho de 2010 - há 12 anos atrás
Por: Alexandre Na categoria:

A criançada agora tá com moral mesmo … E agora, um tapinha dói ou não?  Você é a favor ou contra? Comentem a charge!

Mais informações sobre a lei clique aqui.

Por: Diemer

Posts Sugeridos de outros blogs:


Siga-nos no Instagram





Seta
Seta

28 Comentários

  • bender says:

    Sou a favor da não discução, que tal deixarmos cada familia criar seus filhos do seu modo? tapas ou não, eu levei alguns mas sou praticamente um exemplo pros meus filhos.

  • Juliano says:

    eu apanhei pra c…… quando era criança! hoje vejo que valeu a pena. Sou trabalhador honesto e não sou nenhum delinquente e nenhum drogado!

  • WALKIRIA says:

    Absolutamente correto o seu comentário. A saúde esta um caos, a educação escolar outro caos. A corrupção tomando conta do nosso país. E eles se preocupando com uma educação que é direcionada a pais que são antes de tudo responsáveis e que amam seus filhos. Porque querem nos comparar com criminosos? Com pais e mães que só Deus ssabe o que passa pelas suas cabeças para espancarem e cometerem os horrores contra crianças indefesas. E por que são tão complancentes com estes criminosos? Aliás uma coisa é certa: em nosso país o que é certo torna-se errado e criminoso e o que é errado é aplaudido, tem até os direitos humanos defendendo. E aqueles que foram as vítimas não recebem nenhum tpo de apoio.
    è bíblico: os valores se inverterão, o amor se esfriará, haverá dores e ranger de dentes, mais ainda não será o fim. Não me lembro o capitulo, sei que é no livro de Mateus.
    Nossos governantes, claro que tem excessões, nos envergoham com tanta falta de lucidez. ACORDEM POVO BRASILEIRO!!! ESTAMOS COMO ALIENADOS. VENDO TUDO ACONTECER. COMO DISSE RAUL SEIXAS: Com a boca escancarada cheia de dentes esprando a morte chegar!”

  • Ju says:

    Souuu contra. Umas boas palmadas não faz mal , pois se não corrigirmos os filhos eles farão o que quiserem. Pais tem que ensinar os filhos á respeitarem as pessoas e suas diferenças e saberem reconhecer os seus limites , até onde pode ir ou não .
    Acredito que nem uma boa conversa ira resolver se não for acompanhada do EXEMPLO (a parte mais dificil)

    • Ronilda says:

      Concordo plenamente.Falam tanto que o tempo de nossos pais era careta. Mas naquela época se sabia respeitar e não tinha tanta malandragem. Quando se levava umas boas porradas , ficava de castigo sem brincar, rapidinho as crianças se mancavam. Hoje querem se meter em como os pais devem criar seus filhos. Vc vê crianças batendo nos próprios pais, isso é a liberdade confundida com a libertinagem!!!Sou contra o espancamento, mas uma surra com amor!!!Antes os filhos chorarem ao apanhar do que os pais chorarem amanhã ao vê-los sem limites.

  • Anonimo says:

    Sou totalmente contra pois mesmo podendo corrigir os filhos com uma comversinha, muitos não obedecem pois pensaram “não me acontecera nada, meus pais vão apenas conversar, mesmo se tirar zero ou fazer algo muito errado. Então não preciso obedece-los ❗ ❗ ❗ ”
    E também como já foi falado e uma passagem bíblica ❗

  • Adalcyr says:

    Valeu Alexandre !!! Muito lega o post !!!

  • OMELETI says:

    VIXI MAIS ESSA AGORA “LEI DA PALMADA“,N TO NEM AI BIXO TO SUSSA POR PODER ESTAR VIVENDO NESSA EPOCA Q NOS SERES HUMANOS AINDA PODEMOS DESFRUTAR DA BELEZAS E ELEMENTOS Q A NATUREZA E O MUNDO NOS OFERECE, SO LAMENTO NUM FUTURO N TÃO DISTANTE EM QUE A HUMANIDADE VAI OLHAR PARA TRAS E RELEMBRAR DA MALDITA “LEI DA PALMADA“ E N DA “LEI Q REALMENTE IMPORTA“!!!

  • Gothic says:

    sem surra não existe educação, e como a educação é ruim, bater nos filhos ajuda

  • RAY says:

    O que não se pode é confundir palmadas com espancamento.
    Para que o estado podesse se meter na criação de um filho precisaria primeiro ter condições suficiente para evitar que esse filho se torne um marginal no futuro como temos visto o tempo todo. Filhos que nao tem a divida punição por seus atos erronios, ou seja, nem o estado pune nem os pais punem. E ae como que fica?

  • Silvio says:

    Já levei muita varada e palmada da minha mãe quando era criança…

    Também eu era um pivete muito danado…

    Mas hoje olho pra traz e vejo que ela só estava me guiando para o caminho certo…

    Melhor levar umas palmadas dos pais na infância… Do que ser espancado por policiais na adolecência e na idade adulta…

    TOTALMENTE A FAVOR DAS PALMADAS BÁSICAS…

  • Alexandre says:

    Gente, muito obrigado a todos pelos comentários não só neste post, mas em todo o site. Grande abraço a todos que acessam o Humor da Terra. É isso que me faz trabalhar com ainda mais prazer para continuar divulgando os trabalhos dos nossos artistas.

    Valeu !!! Acessem e comentem sempre !!! Sejam sempre bem-vindos !!!

  • Renato Salpe says:

    TOTALMENTE A FAVOR!

    Sem onda, sou a favor mesmo, pelos seguintes motivos:

    1ºA desculpa de um “tapinha” abre uma brecha enorme para milhares de mães e pais espancarem (e eu escrevi ESPANCAREM mesmo) seus filhos de forma violenta, humilhante e traumatizante, e ainda assim dizer: “Dá licença, estou apenas educando meu filho”.

    2ºJá é provado que é TOTALMENTE possível educar uma criança através do método da recompensa e castigo não-violento (que me corrija Super Nani!)

    Espancar uma criança é o mesmo que ensiná-la a resolver seus problemas usando de violência.

    Você acha que não? imagina a seguinte situação de um pai falando com seu filho:

    Pai: -Olha filho eu sei que te espanco toda vez que você apronta mas, você não deve fazer isso porque não se deve usar de violência para resolver problemas

    Filho: -Tá bom pai

    Isso acontece no mundo real?! – Encerro aqui este longo comentário

  • Pedro says:

    Dúvido que uma criança ou um vizinho vá denunciar um pai ou uma mãe que der uma palmada no filho

  • Pedro says:

    Eu sou em parte contra. Eu ainda moro com minha mãe (tenho 12 anos) e quase nunca apanho.

    Sou contra porradas e o uso de objetos para bater como: chinelo, cinto, varas e etc mas as vezes umas palmadas me fizeram pensar antes de fazer qualquer coisa

  • Amanda says:

    Ah eu sou contra espancar crianças,Não a da palmadas foi assim que eu fui criada,e acho que esse tipo de castigo funciona sim !
    Nem sempre aqueles castigos das supernany da certo : )

  • Priscila says:

    Sou totalmente a favor da lei..
    Acho que conversa, castigos, proibições de algumas coisas funcionam bem mais que palmada.. palmada a criança chora e esperneia, só isso. Considero um ato não racional, no momento que bate um desespero no adulto.
    Eu apanhei minha infância inteira, por qualquer besteira que as vezes eu era inocente, não é legal.. qualquer ato de violência é ruim para uma criança, ver seu pai/sua mãe como alguém que a violenta ( mesmo que seja de leve).
    Também não tem como medir o que é de leve e o que extremo, vai de cada pai e de cada filho.
    Fora que existe hoje creches onde muitas crianças passam a maior parte do tempo, onde são educadas..eu mesmo convivo com a da minha família, tem crianças que são mais agitadas, mas o castigo funciona com elas.. Imagina se as educadoras de lá resolvessem bater?! Não dá, né?!

  • Amanda OS says:

    É claro q a coisa mais errada a se fazer, não somente com uma criança, é agredir fisicamente. Quanto a isso, nem precisa de lei. Agora, a palmada é necessária e bíblica: Não deixe de corrigir a criança. Umas palmadas não matarão. Para dizer a verdade, poderão até livrá-la da morte.(Provérbios 23.13).

  • Andre - Linux Rules says:

    seria cômico SE NÃO fosse trágico………………

  • Lucas says:

    Totalmente contra!!!
    Fui educado com umas palmadinhas, varadinhas e sintadas e nao sou traumaumatizado coisa nenhum, logico que sempre soube o pq estava apanhando e isso me ajudou a contruir o carater e sou grato a isso!!

    E se tiverem q me prender que prendam.. mas saibam q nao vou deixar de educar meu filho! e caso seja julgado digo a juiza q pague as contas en casa e que eduque meu filho na minha ausência caso venha a ficar encarceirado !

    []`s

  • Thais says:

    É ruim.
    Mas o melhor modo de fazer um filho aprender a se comportar é por conversar e fazer o filho entender que é feio fazer cena,desobedecer,xingar……

    Minha mãe fala que não gosta desse negocio de mãe/pai estarem beliscando ou batendo no filho pq doi.Minha mãe raramente me batia,mas ela geralmente se desculpava e eu admitia que tava errada.Hj eu sou uma boa menina e todo mundo diz isso.Não sou bisc.. que fica com qqer um por ai,qe nem o resto da meninada de hoj,não ando pela rua encomodando,mas raramente saio de casa sozinha,dizem que eu sou muito educada e simpatica e nunca precisei apanhar pra isso(só umas vezes msm!rarooo)

    Minha mãe sempre soube que uma conversa,resolve sim.

    Mas isso aê tbm não precisava virar lei….

  • Mauro says:

    Descobriram mais um brecha, as leis absurdas que estao criando para “proteger” as crianças, essa e mais uma, e a cadeira, se um amigo que tem filho me pedir uma carona, terei que negar e o mesmo seguira sua viagem de onibus (?infinitamente mais seguro?).

    Outra coisa, começei a trabalhar com 14 anos e nunca tive nenhum problema com isso, isso e ilegal hoje.

    Não sei qual o tipo de sociedade que estao querendo criar, so tenho certeza que não vai ser coisa boa.

  • Euler says:

    Eu acho essa lei um absurdo!!!
    Parece que eles não sabem o que uma criança pode fazer!
    Estão confundindo crianças com adultos?Para quando fizer algo errado uma conversa funcionar?

  • mãe preocupada com a educação do filho says:

    com a criação dessa lei o governo deve aumentar consideravelmente as vagas no presidio. já que ele está querendo que os pais não corrijam seus filhos enquanto criança. eu sou a favor da palmada, lógico que não do espancamento até porque é um ato covarde. mas uma palmada quando a criança se nega a obedecer não vejo problema nenhum. quem diz que traumatiza é porque deve ser algum traumatizado. E o poder legislativo com tanta outras coisas de mais necessidade para resolver no nosso país fica interferindo na educação familiar, porque num faz leis para melhorar o sistema educacional que está errado.

  • Boas Novas says:

    Olha, eu mesmo não tenho o que comentar. Mas estou besta com esta merda de lei. Li um comentário de um blog que coloquei o endereço acima e gostaria que voces lêssem. Segue trecho abaixo.

    – A todos vocês meus queridos e amados irmãos, familiares e amigos, eu digo no Senhor, que esta lei não tem nada a ver com o bem estar de nossos filhos e/ou da sociedade. Esta lei tem a ver com o controle do Estado sobre a intimidade da família. Esta lei está legitimando o Estado a controlar os assuntos familiares. Esta lei é uma das mais importantes para se introduzir o controle total do Estado sobre as decisões das famílias. Este é o pensamento marxista. No marxismo toda criança pertence ao Estado, e cabe ao Estado controlar as crianças, e as crianças aos pais (este pensamento foi abraçado pelo nazismo e o fascismo. Lembram?). Isto é comunismo, socialismo, ditadura, totalitarismo. Diante deste quadro, digo a todos que não há dia em que não peço a nosso Senhor o Seu retorno o quanto antes. O próximo passo na implementação desta lei será garantir campanhas públicas de “conscientização”, onde todos (vizinhos, amigos, familiares e os próprios filhos) serão convencidos a denunciar pais e mães que têm aplicado disciplina com a vara em seus filhos, afirmando que toda disciplina física, mesmo uma palmadinha, é violência suscetível a cadeia.

    http://rickmcj.blogspot.com/

    Boas Novas

  • Maximiller Guedes says:

    Dá-lhe pisa no moleque!!!!!

  • Cecília says:

    Olha,seria cômico senão fosse trágico.É claro que apanhar por causa de nota baixa,não sei se é o mais conveniente,mas acredito que um bom castigo resolve…kkkkkkkk
    Bjos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *