13
ago

Amor proibido entre presidiário e carcereira acaba em tragédia

13 de agosto de 2017 - há 4 meses atrás
Por: Alexandre Na categoria: ,

carcereira-destaque1

Não, não é novela das nove da Globo, mas a coisa se repete mesmo mundo afora. O nome dela, Chelsea Blackwell, uma britânica de 27 anos, o nome do manolo que estava cumprindo pena por violência, Emmanuel Calender-Scott. O caso tórrido de amor aconteceu em 2016 no Reino Unido, mas só foi à tona esse ano por causa do seu julgamento. Durante o tempo do romance, foram trocados telefonemas, cartas e mensagens que tinham conteúdo sexual. Como o presidiário tinha um telefone na prisão? Até agora a polícia não sabe e Chelsea nega qualquer ato que tenha facilitado a entrada do aparelho na cela do jovem Emmanuel. O resultado disso tudo foi que depois de descoberto o namorico, a bela jovem foi condenada a oito meses por abuso de poder.

carcereira-destaque

Resumindo, o ser humano gosta mesmo é do “proibido”, de complicar as coisas. A jovem Chelsea poderia ter escolhido se agarrar com um manolo que não tivesse nenhum problema com a justiça, mas não, ela quis mesmo o manolo do presídio e acabou ferrando com a própria vida. É a vida imitando a arte e a arte imitando a vida…


>>> Veja o que separamos pra você também curtir! <<<

loading...
Seta
Seta